Defina suas Nádegas com Eletroestimulação

Assine a nossa newsletter!

nádegas com eletroestimulação

Nem todo mundo tem o mesmo tempo para se exercitar, embora todos sonhemos em ter um ataque cardíaco nas nádegas. Com certeza você já pensou que não vê resultados e isso tem causado desmotivação por não ver seu esforço recompensado.

Bem, acabou. Ainda não conhece a eletroterapia para nádegas? Convidamo-lo a ler o seguinte artigo e a descobrir os benefícios que a eletroestimulação pode trazer ao seu corpo, tanto a nível muscular como estético.

Como aproveitar a Eletroestimulação para as Nádegas

A eletroestimulação muscular é um método pouco conhecido, pois até poucos anos atrás era utilizado por profissionais e atletas de elite. Agora é um conceito que interessa a muitos, graças ao fato de que os avanços na medicina esportiva tornam os melhores suplementos de treinamento disponíveis para todos.

Conhece alguma técnica tradicional de fitness que lhe permite tirar o máximo partido da relação tempo/trabalho? Ou que lhe oferece a possibilidade de exercer várias áreas ao mesmo tempo?

A eletroestimulação provou ser um aliado perfeito para obter resultados em menos tempo. Isso não quer dizer que seja uma técnica milagrosa para deixar o corpo em forma sem fazer nada; Como qualquer máquina, requer ação voluntária para que seus efeitos sejam reforçados e os melhores resultados sejam obtidos.

Eletroestimulação nas Nádegas

A eletroestimulação ajuda a condicionar fisicamente, aumentar a força e tonificar os músculos. Embora também seja verdade que é sempre melhor fazê-lo combinado com exercícios voluntários.

Para tonificar os nádegas é preciso escolher o programa certo e nem sempre escolher o mesmo programa. A razão para isso é que o corpo se acostuma com o programa que você escolheu e depois de um tempo não é mais eficaz. Também é preciso mudar a postura e os tipos de exercícios para garantir os resultados.

A Eletroestimulação funciona para as Nádegas?

Com o trabalho realizado nos glúteos com eletroestimulação é possível aumentar a massa muscular dos glúteos, melhorando a tonificação da zona.

A estroestimulação é o complemento ideal para o seu treino e dieta se você deseja reduzir a flacidez das nádegas, não esqueçamos que para obter resultados devemos acompanhar esta técnica com cardio e uma dieta correta.

Eletroestimulação de Nádegas antes e depois

Muitas vezes olhamos apenas para a componente estética que o glúteo representa e esquecemo-nos da força que este músculo tem e contribui para a nossa saúde.

As nádegas são um dos maiores e mais importantes músculos do corpo humano, com os quais conseguimos manter o equilíbrio quando estamos de pé e permanecer de pé graças ao fato de que se encarrega de nos manter bípedes; Além disso, tem funções tão importantes como a estabilização da pelve e da região lombar. Portanto, um glúteo forte diminui a possibilidade de dores nas costas ou lesões nas extremidades inferiores, como isquiotibiais.

O problema é que uma vida sedentária faz com que as nádegas fiquem dormentes, já que passamos muito tempo sentados. Isso influencia negativamente na hora de iniciar uma atividade física, pois quanto mais eles dormem, mais difícil é acordá-los.

Como aproveitar a eletroestimulação para as nádegas

Composição da musculatura Glútea

Para entender melhor a anatomia e as funções desse grande músculo, devemos saber quem participa dele. As nádegas são divididas em 3 partes:

  • Glúteo máximo: É o capitão do time porque sem ele cairíamos para frente ou para os lados, já que oferece estabilidade ao quadril.
  • Glúteo médio: Este músculo é o principal estabilizador da pelve quando estamos em um pé só; Além disso, permite separar, rodar ligeiramente ou fechar a anca. 

Embora o glúteo máximo seja o mais volumoso e o que mais chama a atenção pela estética que proporciona, se os músculos extensores e abdutores do quadril não estiverem fortes, o glúteo ficará adormecido, dificultando a ativação para o treino.

  • Glúteo mínimo: Não se deixe enganar pelo nome. Este músculo é tão importante quanto o resto da equipe. É abdutor como o glúteo médio, mas enfatiza sua ação flexora e rotadora interna.

Por que usar os eletrodos para levantar as Nádegas?

Como já sabemos, a eletroestimulação é um dos melhores aliados para treinar o corpo humano; Além de ajudar a tonificar e ganhar massa muscular (entre muitas outras vantagens), os eletrodos são a melhor opção para estimular os nádegas. E por que?

Pois bem, o glúteo máximo é o mais difícil de estimular e ao mesmo tempo o que oferece resultados mais visíveis, por isso é normal que por vezes pense que o seu esforço não se traduz nos resultados que desejava. Enquanto no agachamento você consegue ativar 60% do quadríceps, seu glúteo só é estimulado em 10%. Então, como funciona o eletroestimulador de nádegas? Por que é uma grande ajuda?

Fácil! A eletroestimulação permite treinar em profundidade, pois consegue ativar os músculos e ativar as fibras musculares que não podem ser alcançadas apenas com contrações voluntárias. Nesse sentido, os fatos Wiemspro são a melhor opção porque contam com a mais avançada tecnologia e são compostos por duas peças cómodas e ajustáveis ​​ao seu corpo, o que lhe permite treinar com total liberdade nos seus movimentos. Assim você pode escolher se quer trabalhar todos os músculos um dia ou diversificar por áreas.

Eletroestimulação nas nádegas

Eletroestimulação e Celulite

Em primeiro lugar, devemos saber o que é celulite:

‘‘Trata-se de uma alteração estética mais frequente na mulher e em zonas localizadas, podendo coexistir com uma sobreacumulação de adipócitos. A celulite, em geral, pode ser definida como uma alteração na textura dos tecidos subcutâneos superficiais, caracterizada por aumento da espessura, consistência e sensibilidade, bem como diminuição da mobilidade devido à aderência ao plano profundo.”

Por que o Eletroestimulador funciona para a Celulite?

Um dos benefícios que o EMS proporciona é a melhora da circulação sanguínea que é possível graças ao modo de massagem implantado no colete do eletroestimulador. Esta opção não serve apenas para descansar e recuperar o corpo de lesões (dores, pernas pesadas, etc.), mas também permite que o tecido muscular se regenere e absorva até cinco vezes mais oxigênio.

A eletroestimulação para celulite é um excelente auxílio para terapias de redução do percentual de gordura, assim os eletrodos funcionam melhor já que atingem um maior número de fibras musculares. Desta forma, consegue-se um endurecimento da zona, ao mesmo tempo que aumenta os nádegas e reduz a flacidez e, consequentemente, a celulite.

TIPS para combater a Celulite

É difícil eliminar a celulite sem uma boa rotina e uma alimentação correta, por isso aqui vão algumas dicas que vão te ajudar a combatê-la:

  • Pratique exercícios aeróbicos, eles ajudam a queimar gordura e aceleram a circulação sanguínea.
  • Combine-os com exercícios de tonificação que aumentam a massa muscular, além disso, um músculo firme e forte consegue uma aparência mais uniforme.
  • Alongamento antes e depois do treino, promove o relaxamento muscular e previne lesões.
  • Beba muita água, isso vai deixar sua pele hidratada e com mais elasticidade.
  • Aplique massagens para estimular a pele e ajudar a remover os acúmulos de gordura e melhorar a circulação sanguínea.
  • Relaxe e descanse! Estresse não é bom e os músculos também precisam de uma pausa.

Conclusão

O eletroestimulador de nádegas se tornará seu melhor aliado para ajudá-lo a obter os melhores resultados. Lembre-se que os dois tipos de contração (eletroestimulada e voluntária) devem ser combinados para atingir com sucesso todos os objetivos que você definiu para si mesmo.

Perguntas frequentes sobre eletroestimulação nas nádegas

Eletrodos nas nádegas, como colocá-los?

A colocação de eletrodos nas nádegas pode ser feita por vários motivos, como estimulação muscular para reabilitação, fortalecimento ou para aliviar a dor. Para obter uma estimulação eficaz, os eletrodos devem ser colocados corretamente. Abaixo detalho como fazer, mas lembre-se que você deve sempre seguir as recomendações de um profissional de saúde ou fisioterapeuta:

  • Identifique o músculo ou área específica:
    • As nádegas são compostas principalmente por três músculos: o glúteo máximo, o glúteo médio e o glúteo mínimo. O glúteo máximo é o mais superficial e maior, e geralmente é o foco da estimulação.
  • Preparação:
    • Certifique-se de que o traje de eletroestimulação esteja devidamente hidratado.
  • Colocação do eletrodo:
    • Os trajes de eletroestimulação Wiemspro possuem eletrodos devidamente colocados tanto no glúteo máximo (parte superior do músculo próximo à base da coluna) quanto nos glúteos médio e mínimo.
  • Configurações do dispositivo:
    • Antes de ligar o aparelho, certifique-se de que os eletrodos estejam devidamente fixados.
    • Defina o dispositivo com base no tipo de tratamento recomendado (por exemplo, TENS para alívio da dor ou EMS para estimulação muscular).
  • Intensidade:
    • Comece com uma intensidade baixa e aumente gradualmente até atingir um nível que seja sentido, mas não doloroso.
  • Tempo de tratamento:
    • Siga as recomendações específicas de duração da sessão do seu terapeuta ou do manual do dispositivo.
  • Depois de usar:
    • Terminada a sessão, desligue o aparelho antes de retirar o traje com os eletrodos.
  • Segurança e considerações:
    • Não coloque eletrodos em feridas abertas, pele irritada ou se você tiver uma condição médica que contra-indique seu uso (por exemplo, marca-passo).
    • Caso sinta dor, queimação ou qualquer sensação desagradável, interrompa imediatamente a sessão e consulte um profissional.
    • Não use eletroestimulação sem a aprovação de um médico se estiver grávida, tiver problemas cardíacos ou histórico de câncer.

Embora estas sejam diretrizes gerais, a colocação dos eletrodos pode variar dependendo do tipo de eletroestimulador que você está usando e do objetivo da terapia. É importante seguir sempre as instruções específicas do seu aparelho e as recomendações dos profissionais de saúde.

Quando você começa a notar resultados com a eletroestimulação nas nádegas?

A eletroestimulação das nádegas é frequentemente utilizada como ferramenta complementar para fortalecer e tonificar os músculos, bem como para reabilitação e alívio da dor. Os efeitos da eletroestimulação podem variar de pessoa para pessoa devido a múltiplos fatores, como condição física inicial, frequência das sessões, intensidade da estimulação e duração do programa de treinamento ou tratamento.

Aqui estão alguns pontos que você deve ter em mente sobre quando você poderá começar a notar os efeitos:

  • Fortalecimento e tonificação muscular:
    • Resultados visíveis, como aumento do tônus ​​ou definição muscular, podem levar várias semanas ou meses, dependendo da consistência e da complementação com exercícios físicos e dieta adequada.
    • Algumas pessoas notam uma melhora na força ou resistência em apenas algumas semanas de uso regular.
  • Reabilitação:
    • Se usado para recuperação ou reabilitação de lesões, os efeitos podem ser perceptíveis em termos de recuperação da função ou alívio da dor em poucas sessões, embora a recuperação total possa levar mais tempo.
    • A eletroestimulação pode ajudar a prevenir a atrofia muscular durante períodos de inatividade forçada, como após uma cirurgia.
  • Alívio da dor:
    • Para o alívio da dor, como na estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS), os efeitos podem ser sentidos imediatamente durante e após a sessão.
    • A duração do alívio da dor pode variar, com alguns sentindo alívio horas após a sessão, enquanto para outros pode ser mais curto.
  • Sensações durante a sessão:
    • Durante a sessão de eletroestimulação, você deverá sentir uma clara contração muscular sem dor. Se sentir dor ou desconforto, deve reduzir a intensidade.
  • Frequência e duração:
    • A maioria dos programas de eletroestimulação recomenda sessões regulares, que podem variar de várias vezes por semana até diariamente, dependendo do objetivo e da tolerância individual.

Comparte este post:

[geot_country_name]