5 hábitos saudáveis para viver mais

Assine a nossa newsletter!

viver mais

Como viver mais? Esta tem sido uma das perguntas que o ser humano tem feito com maior preocupação ao longo da história. Felizmente, a ciência nos deu as chaves para transformar essa ilusão coletiva em realidade. Com este objetivo em mente, daremos a você as chaves para viver mais. Prevemos que alguns dos conselhos devem fazer parte de suas novas resoluções, se você quiser levá-los a sério.

1. Cuide da alimentação

Sempre foi dito que somos o que comemos, mas até que ponto isso é verdade? Diremos apenas que quanto mais saudáveis forem os produtos que consumir, mais estará mimando o seu corpo. Portanto, é fundamental ter uma boa alimentação ao longo da vida, não apenas quando estamos de dieta.

Não pule refeições!

Às vezes, o hábito de comer menos vezes está relacionado à perda de peso. Isso não é verdade e pode até ser contraproducente. Quando você passa muitas horas sem consumir nada, seu estômago começa a produzir grelina, um hormônio associado à desaceleração do metabolismo.

Nosso conselho é fazer as cinco refeições do dia (as três principais, mais o café da manhã e o lanche). Da mesma forma, é fundamental que nunca passem mais de quatro horas sem ingerir nutrientes. Este conselho irá ajudá-lo se você deseja manter o peso ou se precisa perdê-lo, não se esqueça.

Evite bebidas açucaradas

Este tipo de bebida é constituído, entre outros, por sumos e refrigerantes açucarados, isotónicos e não dietéticos, chás com açúcar e preparações à base de café. Às vezes, eles são confundidos por suas supostas propriedades saudáveis, mas só conseguem fornecer compostos que nosso corpo não precisa.

Você deve saber que os monossacarídeos e dissacarídeos só contribuem para o ganho de peso com base na gordura. Por sua vez, aumentam o risco de doenças crônicas, como diabetes tipo II. Também são prejudiciais à saúde na medida em que aumentam o risco cardiovascular, principalmente no que diz respeito ao infarto do miocárdio.

Elimine os ultraprocessados

Existem três categorias principais de alimentos. Em primeiro lugar, os naturais, que permanecem como foram recolhidos. Depois, os processados, como leite de aveia ou azeite. Por fim, temos os ultraprocessados, que sofreram tantas modificações que nem mais se assemelham ao seu estado original.

Os ultraprocessados são encontrados sobretudo em produtos de confeitaria e produtos refinados. Estes têm sido diretamente ligados a um risco aumentado de câncer, diabetes e outras doenças. Tudo isso, sem falar que você está dando ao corpo produtos não naturais que não possuem nenhum nutriente de qualidade.

Beber muita água

A água é a base de qualquer dieta e também será a base do seu novo estilo de vida. Muito se tem discutido sobre quanta água beber, mas é melhor beber quando estiver com sede. Além disso, para perder peso, você pode moderar a quantidade até 1,5 – 2 litros por dia (seis ou oito copos).

Parece curioso, mas esse simples gesto pode proporcionar uma ótima hidratação à sua pele. Por sua vez, melhora o bom funcionamento do corpo em todos os níveis. Nosso conselho é beber um copo ao acordar e ao deitar, antes e depois de cada refeição do dia.

2. Fique em forma

O exercício é uma das chaves para ter uma boa qualidade de vida. Para usá-lo a seu favor, simplesmente comece pequeno até torná-lo um hábito. Também não se esqueça que o convívio é muito importante, por isso o efeito será ainda maior se treinar acompanhado.

Neste artigo apresentamos várias dicas que o ajudarão a viver mais graças à alimentação, ao desporto e à eletroestimulação.

Exercício aeróbico

Esse tipo de exercício, também chamado de cardio, é um escudo contra ataques cardíacos ou outros problemas cardiovasculares. É ideal para estimular a circulação sanguínea e fornecer oxigenação ao próprio corpo. Portanto, o ideal é praticá-lo de 3 a 5 vezes por semana, em sessões de 1 hora.

Mas qual é o melhor treino cardio? Sem dúvida, sempre recomendamos a corrida, principalmente alternando o ritmo normal e os sprints. No entanto, se quiser alternativas, sugerimos o boxe ou o ciclismo, bem como a passadeira se quiser começar a frequentar o ginásio.

Treinamento de força

Este exercício ajuda a ganhar massa muscular, mas é melhor fazê-lo num ginásio. Com o passar dos anos, os músculos podem sofrer alguma atrofia se não tiverem a atividade de que necessitam. Por isso, é fundamental mantê-los constantemente estimulados para evitar que o tempo passe sobre eles.

Por outro lado, é fundamental manter os ossos e as articulações em bom estado, evitando assim o seu desgaste. Da mesma forma, ajuda a prevenir lesões e protege o corpo contra possíveis quedas. É, portanto, um seguro contra o processo natural de envelhecimento que todas as pessoas sofrem.

Treino com eletroestimulação

Qual o segredo para potencializar qualquer exercício e aumentar seus resultados em pouco tempo? Sem dúvida, o esporte com eletroestimulação é uma ótima solução. Entre seus benefícios está o de ativar as fibras musculares mais profundas, que não podem ser alcançadas com exercícios convencionais ou com a maioria dos tratamentos estéticos.

Sugerimos que você use o potencial dos trajes de eletroestimulação Wiemspro. Você pode usá-los com total conforto enquanto se exercita, embora também tenha a possibilidade de se concentrar apenas nesta disciplina. Seja qual for o caso, você poderá tonificar seu corpo e mantê-lo saudável com menos esforço físico.

Exercícios de flexibilidade

Não é segredo que a idade afeta negativamente a flexibilidade. Com o passar dos anos, os níveis de colágeno e elastina diminuem progressivamente. Isso torna mais fácil se machucar e quebrar um osso, especialmente se você não pratica esportes com frequência.

Exercícios com banda elástica são ótimos para ganhar flexibilidade. É verdade que no começo é difícil manter a resistência externa, mas com o tempo vamos nos acostumando. Para isso, o método Pilates também pode nos ajudar ou combinar o treinamento convencional com posturas de ioga.

viver mais graças à alimentação, ao desporto e à eletroestimulação.

3. Higiene do sono

O sono é essencial para ter uma boa vida e viver mais, todos nós sabemos disso. Tanto dormir mais quanto ficar aquém estão ligados à morte precoce, por isso precisamos ter cuidado. As horas variam de acordo com a idade, mas aconselhamos a respeitar a média de 7 – 9 horas sem ultrapassá-la.

Claro que não basta dormir, tem que dormir bem. É essencial fazê-lo num espaço sem ruído (a televisão também conta) e sem luz. Da mesma forma, é importante ter comido duas horas antes de ir para a cama para que o estômago termine a digestão e todo o corpo possa descansar.

4. Lazer e hobbies

Socializar e passar o tempo praticando hobbies é vital, pois está relacionado à segregação de serotonina e dopamina. Esses hormônios estão diretamente envolvidos na felicidade e são uma das chaves para viver mais. Apesar do que comumente se acredita, o lazer não deve ser secundário, mas sim prioritário.

Aproveite o tempo livre

Todos os dias, procure um momento tranquilo, agradável e feliz. Certamente você tem um ou mais hobbies que nos ajudarão a relaxar e aproveitar o tempo livre. Sem dúvida, uma tarefa trivial que você não deve deixar de lado. Lembre-se que não se trata apenas de viver mais, mas de fazê-lo bem.

Benefícios para a saúde mental

Viver mais implica evitar doenças, e isso também implica prevenir aquelas que têm origem psicológica. Reservar um tempo para nós mesmos diariamente nos ajudará a prevenir condições como ansiedade ou depressão, que podem reduzir sua expectativa de vida. Tudo fica ainda melhor se decidirmos passar um tempo com nossos entes queridos.

5. Evite o estresse

O estresse é o pior inimigo se queremos ter qualidade de vida. Seus efeitos são muito piores do que imaginamos e a queda de cabelo é apenas a ponta do iceberg. Felizmente, essa situação é facilmente remediada se você aplicar essas três dicas:

Organize sua vida

Muitas vezes, o estresse é identificado com a incerteza. Se organizarmos a vida (cuidado, não ao milímetro) evitaremos que as tarefas se acumulem. Além disso, poderemos dedicar tempo a nós mesmos, algo que ajuda significativamente a diminuir a ansiedade.

Fique longe de más influências

Quando dizemos “más influências” nos referimos ao sentido metafórico. É fundamental evitar os ambientes que mais te estressam, assim como as empresas que não nos fazem bem psicologicamente.

Medite e faça ioga

Meditação e ioga são duas técnicas antigas que contribuem para uma boa saúde mental. Outros, como mindfulness ou pilates, também têm um efeito semelhante em nós.

Essas são as chaves para viver mais que podemos colocar em prática a partir de agora. Se você nos propor, estaremos adotando um estilo saudável que se tornará o melhor suporte. Na Wiemspro colocamos a tecnologia a serviço do esporte e da saúde graças ao poder da eletroestimulação. Assine nosso blog!

Comparte este post:

[geot_country_name]